logo

Crise de pânico

Publicado em 15/08/2023

gato arrepiado

A crise geralmente acompanha tremor, suor, aumento de batimentos cardíacos e aperto no peito. O pânico pode acompanhar muitos outros sintomas, mas única parte óbvia para quem é surpreendido com essa experiência única é a sensação de desespero e medo de morrer.

As crises são desencadeadas por motivos pontuais que representam momento de muito estresse ou trauma, ou por pequenos eventos que foram acumulados com o tempo.

Diariamente, ao longo dos anos nos nutrimos não somente com alimentação mas também com pensamentos, hábitos, relações e nem sempre essa nutrição está agregando positivamente, então vEm A cRiSe! Como um alerta físico intenso sinalizando que a forma que se está levando a vida é insustentável e algo precisa ser alterado o mais rápido possível. Isso significa que por mais que seja um momento difícil na vida de qualquer pessoa, é uma manifestação do organismo pedindo por saúde e bem estar.

O que fazer para lidar com a crise?

É importante fazer psicoterapia para entender o que está causando todo esse desconforto e para lidar com as raízes dos problemas, por exemplo: se a principal causa for um relacionamento ou o trabalho, a terapia vai contribuir para encontrar outras formas de viver essas àreas de um jeito que seja mais favorável, possibilitando a melhora da qualidade de vida e consequentemente diminuindo a frequência das crises.

Por outro lado, se as crises forem frequentes é importante buscar também atendimento psiquiátrico, o médico pode identificar causas orgânicas (por ex: uso de medicamentos, alterações na tireóide…) e orientar ou passar medicamentos para diminuir o desconforto.

Enquanto essa busca por profissionais acontece, é necessária a mudança de hábitos como: comer alimentos mais saudáveis, beber quantidade suficiente de ÁGUA, ter noites de sono com qualidade, diminuir tempo de tela, conversar com pessoas que fazem bem, tomar sol e praticar atividades físicas. Também se pode entrar em contato com outros profissionais da saúde e terapias complementares.

Você é um organismo inteiro, observe como você tem se nutrido, cuide bem do seu corpo e mente.